Brasil X Argentina: Qual vinho vai ganhar esse clássico?

A rivalidade entre Brasil e Argentina existe quase desde que o mundo é mundo. 

Seu maior campo de batalha é o futebol, mas tudo que envolve Brasil vs Argentina é um clássico!

Neste artigo, a batalha será entre um vinho brasileiro e um argentino.

Quem será que vai ganhar esse eno clássico?

A Seleção Brasileira

E entra em campo a Seleção Brasileira: Primeira Estrada Syrah 2018.

Este vinho é feito 100% com Syrah e não passa por madeira. 

Ele é produzido em Minas Gerais pelo renomado Murilo Regina, o pioneiro na utilização da técnica de dupla poda, a qual permitiu produção de vinhos de qualidade no sudeste brasileiro. Se quiser entender melhor a técnica de dupla poda e os vinhos de colheita de inverno, clique aqui.

A Seleção Argentina

Também dentro das quatro linhas, a Seleção Argentina: Balsa de Piedra 2019.

Este vinho é um corte de Malbec, Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon, Merlot e Semillón. O vinho passa 8 meses em barricas de carvalho francês de 225 e 500 litros de vários usos.

Ele é produzido em Mendoza, Argentina, pelo casal Gerardo Michelini e Andrea Muffato. O nome Michelini é muito respeitado na indústria dos vinhos argentinos, porque se trata de uma família com tradição em enologia e que ganhou os holofotes por conta do seu trabalho na vinícola Zorzal.  

E começa o jogo…

A seleção brasileira desde o início joga aberto e já mostra aromas com boa intensidade logo no começo. Aqui o grande destaque fica para a amora fresca, maior artilheira desta gloriosa Seleção. 

Porém, o meio de campo olfativo também está muito bem representado pelo aroma de pimenta preta. E o dinamismo do jogo entre a pimenta e a amora ocorre com o maior entrosamento, no melhor estilo Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo Fenômeno, como nos saudosos tempos do nosso penta. 

É gol do Brasil!

A Seleção Argentina parece jogar com uma estratégia diferente do Brasil. O jogo da Argentina é mais fechado, com aromas mais contidos e menos intensidade. 

Porém, os hermanos mostram um desenho de jogo bem mais complexo. Cada um dos elementos do time – amora, cereja madura, violeta, menta, cravo, balsâmico e mineral – joga junto, agregando em campo. Nenhum se destaca sozinho. Eles demonstram um entrosamento impressionante no gramado.   

É gol da Argentina!

Na boca, as duas seleções apresentam taninos polidos, mostrando excelentes técnicas de jogo. E a ótima acidez de ambas também deixa a disputa bem acirrada.  

É um jogo emocionante. Haja coração!

Aos 45’ do segundo tempo a Seleção Brasileira apresenta um ligeiro amargor no final de boca e o álcool esquenta um pouco a garganta… E é falta para a Argentina.

Pode isso, Arnaldo? 

A Argentina vem com tudo e mostra a que veio com as suas frutas brilhantes que equilibram perfeitamente a acidez e o álcool – que passa despercebido – e, então, cabeceia direto para a rede. 

É gol da Argentina!

A torcida do Brasil se revolta! Parece que o gol da Argentina foi gol de mão, seguindo a tradição do grande Maradona, “La Mano de Dios”. 

Chama o VAR…

O placar final foi 2X1 para Argentina. O Brasil defende que a Argentina ganhou essa no apito.

O juiz decide chamar o VAR – que é ninguém mais e ninguém menos que você, leitor!

Qual desses vinhos você acha que ganha o campeonato?  

Aquela pequena observação: No gramado dos vinhos, a Argentina realmente é um país de destaque e foi páreo duro. Mas, no gramadão mesmo, não tem para ninguém, somos os únicos PENTACAMPEÕES do mundo! #porquechorasargentina?   

Espero que tenham gostado e até a próxima!

Deia Berthault

Sou uma nerd em vinhos com um parafuso a menos. Professora, estudante e apoiadora do movimento “Abaixo os enochatos” (…que nem existe, mas apoio! #enolegaisrock). 

Parceria: Winerie

Baixe nosso e-book gratuito! Como escolher vinho em 3 passos simples

Baixe nosso e-book gratuito! Como escolher vinho em 3 passos simples

Confira mais artigos relacionados…

Primavere-se com vinhos florais ideais para essa estação

Primavere-se com vinhos florais ideais para essa estação

A primavera inspira uma completa renovação de energias para o final do ano que se aproxima. Afinal, tem coisa melhor do que desabrochar depois de uma temporada mais introspectiva de inverno? As cores vibrantes da paisagem – azul do céu, verde das árvores e colorido...

Vinhos florais: 7 uvas perfeitas para brindar na primavera

Vinhos florais: 7 uvas perfeitas para brindar na primavera

Listamos 7 uvas — incluindo a célebre Moscatel — que produzem vinhos deliciosos para a estação das flores   Passa o inverno, chega o verão e uma tacinha de vinho sempre aquece nossa emoção. Improvisos sobre Sandy & Júnior à parte, é verdade que os vinhos são...

Sabor de primavera: conheça os vinhos de notas florais

Sabor de primavera: conheça os vinhos de notas florais

Há quem ame a primavera também pelos bons vinhos da estação. Os amantes da bebida e apreciadores de notas florais gostam da época também para se deliciar com as safras florais. Pensando nisso, CLAUDIA conversou com a sommelier, Rita Ibanez, e a educadora em vinhos e...

Close Bitnami banner
Bitnami